BRDE viabilizou investimentos de R$ 3,28 bilhões na Região Sul em 2016

04/04/2017

 

O Diretor-presidente, Odacir Klein, e o Diretor de Planejamento, Luiz Noronha, apresentaram à imprensa nesta quinta-feira (30) os resultados e demonstrações financeiras do BRDE.

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE publica, no Diário Oficial RS de hoje (30), seu balanço referente ao exercício de 2016. As operações contratadas pelo Banco somadas aos recursos dos empreendedores viabilizaram investimentos de R$ 3,28 bilhões em grandes e pequenos negócios de todos os setores da economia na Região Sul. O desempenho gerou 29 mil empregos no período em que a atividade econômica brasileira apresentou a maior retração já registrada.

O atraso no pagamento dos financiamentos (a inadimplência foi de 2,81% ante 3,71% do Sistema Financeiro Nacional) motivou o provisionamento de R$ 392 milhões, no ano passado. Para a manutenção das empresas, o BRDE reestruturou dívidas no valor de R$ 229 milhões. O trabalho para recuperação de créditos resultou em receitas de R$ 150,6 milhões. Foram contratadas 7.262 novas operações de crédito no total de R$ 3,008 bilhões, média de R$ 414 mil por operação que atesta a vocação da instituição para o atendimento às micro, pequenas e médias empresas e aos mini e pequenos empreendimentos rurais. Assim, houve lucro líquido de R$ 117,6 milhões (contra R$ 262,9 milhões em 2015), o patrimônio líquido evoluiu de R$ 2,3 bilhões para R$ 2,4 bilhões, o saldo da carteira de operações chegou a R$ 13,4 bilhões e o ativo total a R$ 16,5 bilhões.

O ranking de desembolsos das operações conveniadas do BNDES certificou o crescimento da atividade do BRDE nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, no ano passado:

Em época de crise na economia, há retração nos investimentos e o crescimento não acontece. Pessoas, empresas e instituições sentem os efeitos na queda da produção, das vendas, dos postos de trabalho, da renda e da riqueza. Em movimento anticíclico, o BRDE mantem a sua oferta de crédito para dar sustentação aos que, no cenário de dificuldades, investem, inovam, criam oportunidades, empregos e mantêm a atividade produtiva. Esta é a missão de um banco de desenvolvimento.
Ao final de 2016, o BRDE contava com 36 mil clientes ativos, cujos empreendimentos financiados estavam localizados em 1.095 municípios (91,9%) da Região Sul. O Banco financiou investimentos de pequeno e também de maior porte como geração de energia renováveis; armazenagem de grãos e processamento de produtos agropecuários de cooperativas; tecnologia; inovação de empresas; infraestrutura para municípios.
Os financiamentos do BRDE, por setor econômico, ficaram distribuídos, em 2016, da seguinte forma: Agropecuária – R$ 819 milhões (27%); Indústria – R$ 677 milhões (23%); Infraestrutura – R$ 584 milhões (19%); Comércio e serviços/projetos armazenagem – R$ 928 milhões (31%).

Fonte:  Imprensa BRDE

Todos os direitos reservados à CODESUL.

Santa Catarina

http://www.sc.gov.br

Paraná- Foto: Joel Rocha

http://www.pr.gov.br

Mato Grosso do Sul- Foto: Chico Ribeiro

http://www.ms.gov.br

Rio Grande do Sul- Foto: Arquivo RS

http://www.rs.gov.br